Buscar

12/08/2020 às 09:00, Atualizado em 12/08/2020 às 11:08

Polícia Militar recebe viatura nova e reimplanta equipe de trânsito em Nova Andradina

As intervenções prioritárias serão voltadas para as condutas infracionais de trânsito dinâmicas

A Polícia Militar do Estado do Mato Grosso do Sul, através do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM) recebeu na terça-feira (04) uma viatura quatro rodas MMC L200 que será empregada na fiscalização de trânsito em Nova Andradina. A fiscalização tem por objetivo promover intervenções efetivas de segurança no trânsito urbano com a finalidade de reduzir o número de acidentes e vítimas, principalmente as fatais.

As intervenções prioritárias serão voltadas para as condutas infracionais de trânsito dinâmicas, que são aquelas que ocorrem quando os condutores estão na direção dos veículos ou das motocicletas, onde aumenta a probabilidade de se envolver em acidentes de trânsito. Segundo estudos, os acidentes automobilísticos são a nona causa de mortes em todo o mundo, cerca de 1,25 milhão de pessoas por ano, ferindo de 20 a 50 milhões de pessoas a cada ano. Atualmente a frota de veículos registrados em Nova Andradina soma mais de 34 mil veículos. Salientando, que os motociclos representam cerca de 33% do total de veículos registrados no Município de Nova Andradina.

De acordo com a Seção de trânsito do 8º BPM, em 2020 foram registrados 153 acidentes em Nova Andradina, resultando em 119 vítimas, sendo três delas fatais. Nestes primeiros sete meses de 2020, os números caminham de forma semelhante a 2019, com pouca redução. Segundo as estatísticas, mais de 60% das vítimas são condutores e passageiros de motociclos (ciclomotor, motonetas, motocicletas).

Os principais comportamentos infracionais observados no trânsito de Nova Andradina são:

a) Conduzir veículos fazendo uso e manuseando o aparelho celular enquanto dirige o veículo;

b) Condutor não habilitado para conduzir o veículo ou motocicleta;

c) Conduzir veículos sem o cinto de segurança (condutor e passageiro);

d) Conduzir veículo sob a influência do álcool;

e) Conduzir motociclos com a jugular do capacete frouxa ou desafivelada ou com a viseira erguida;

f) Desobedecer a sinalização de PARE;

g) Não portar documentos de porte obrigatórios (CNH e CLA).

h) Excesso de velocidade;

i) Deixar de reduzir a velocidades ao se aproximar dos cruzamentos;

j) Não dar preferência ao Pedestre na faixa e ele destinada, quando solicitados para a travessia da via.

Inicialmente as ações serão desenvolvidas por meio de “Blitz Educativa” com a entrega de Panfletos com orientações aos Motoristas, Motociclistas, Ciclistas e Pedestres.

Além da Equipe de Trânsito, as Equipes de Radiopatrulha estarão fazendo a Fiscalização de Transito no Município, com atenção voltadas aos condutores de veículos e motocicletas com maior incidência na prática de infrações de trânsito e condutas que aumentam a possibilidade de envolvimento em acidentes de Trânsito.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.