Publicado em 07/01/2022 às 13:31, Atualizado em 07/01/2022 às 13:23

Polícia Militar prende homem após descumprir medida protetiva em Nova Andradina

Redação,

A Polícia Militar, através da Radiopatrulha de Nova Andradina, prendeu nesta sexta-feira (07) um homem de 32 anos após descumprir medida protetiva de urgência. Os policiais foram acionados via 190 pela vítima de 41 anos informando que o autor havia descumprido a medida protetiva e que ele estava no portão da residência e permanecia no local querendo agredi-la. A equipe policial deslocou até a Rua Yutaka Hashinokuti no bairro Durval Andrade Filho e flagrou o autor na residência. Diante do flagrante o autor e a vítima foram apresentados na delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina para as providências.

A polícia militar reforça que as medidas protetivas servem para afastar o agressor do lar ou local de convivência com a vítima, a fixação de limite mínimo de distância de que o agressor fica proibido de ultrapassar em relação à vítima e a suspensão da posse ou restrição do porte de armas, se for o caso. O agressor também pode ser proibido de entrar em contato com a vítima, seus familiares e testemunhas por qualquer meio ou, ainda, deverá obedecer à restrição ou suspensão de visitas aos dependentes menores, ouvida a equipe de atendimento multidisciplinar ou serviço militar. Outra medida que pode ser aplicada pelo juiz em proteção à mulher vítima de violência é a obrigação de o agressor pagar pensão alimentícia provisional ou alimentos provisórios. O descumprimento da medida protetiva acarreta em prisão em flagrante do autor.

Denúncias de casos de violência doméstica ou do descumprimento de medida protetiva podem ser realizadas via telefones 190, 180, 99262-3462, e ainda pela internet no canal de denúncias do Programa Mulher Segura do 8º Batalhão, através do endereço de email [email protected]