Buscar

30/01/2013 às 17:20, Atualizado em 27/07/2016 às 11:24

Figueiró assume vaga no Senado substituindo Antonio Russo

Nova Notícias - Todo mundo lê

O ex-deputado federal Ruben Figueiró (PSDB-MS) assumiu a vaga de senador nesta quarta-feira, 30/01, em cerimônia reservada, na sala da Presidência do Senado. Em rápidas palavras após o juramento, Figueiró agradeceu a presença de todos e relembrou uma conversa que teve com o presidente do Senado, José Sarney, há alguns anos.

Na ocasião, Figueiró afirmou a Sarney que estava ?aposentado, inclusive da política. E, em tom descontraído, afirmou que hoje, o próprio Sarney o estava abrindo novamente a porta da política. ??Veja, meu caro Presidente, como são as curvas que a vida nos dá. Eis-me aqui justamente com e por Vossa Excelência reabrindo a porta da política para que nela eu adentre novamente?. disse Figueiró.

Figueiró ainda desejou a melhora do senador licenciado Antonio Russo (PR-MS), que recupera-se de um AVC. ??Peço pela recuperação da saúde do senador Antonio Russo, de breve, mas utilíssima, passagem por esta Casa, ao qual desejo, sinceramente, que após vencer as vicissitudes por que ora atravessa, possa voltar ao convívio de Vossas Excelências?, afiançou.

O novo senador, que tem 81 anos, nasceu em Rio Brilhante (então Mato Grosso). Formado em direito, está na política desde 1970. Foi deputado estadual e federal. É de sua autoria a emenda que concedeu 1% da receita da União para a região Centro Oeste e que motivou a criação do Fundo de Desenvolvimento do Centro Oeste. Foi titular da Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária e Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul.

Além dos familiares e servidores do Senado, estiveram presentes na cerimônia de posse do senador Figueiró, os senadores Álvaro Dias (líder do PSDB), Waldemir Moka (PMDB-MS) e Delcídio do Amaral (PT-MS), o deputado federal Reinaldo Azambuja (presidente estadual do PSDB), os deputados estaduais Márcio Monteiro e Rinaldo Modesto, o desembargador do TJ-MS, e prefeitos de mais de dez municípios, entre outras autoridades.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.