Buscar

18/05/2017 às 07:30, Atualizado em 18/05/2017 às 01:06

Médico que atua em Nova Andradina é preso com munições de fuzil em São Paulo

Omar Ferreira Miguel foi detido no terminal rodoviário da Barra Funda, na capital paulista.

O médico Omar Ferreira Miguel, que atua em Mato Grosso do Sul como perito oficial forense, foi detido na manhã desta quarta-feira (17), no terminal rodoviário da Barra Funda, em São Paulo. Omar foi flagrado com mais de 600 munições para diversas armas, entre elas fuzil, durante uma operação da Polícia Civil do Estado.

De acordo com a Polícia Civil, o médico viajava num ônibus que saiu de Mato Grosso do Sul com destino à capital paulista. O veículo foi abordado pelos policiais que, durante vistorias nas bagagens dos passageiros, encontraram as munições numa mala de mão de Omar.

O médico carregava em uma mochila, 149 cartuchos íntegros de munição calibre 300 - utilizado em rifles; 270 cartuchos íntegros e 200 cápsulas vazias de pistola .40; além de 20 cartuchos de pistola calibre 45.

À polícia, Omar disse as munições são de uso particular, pois é colecionador e praticante de tiro. Como estava sem a documentação dos cartuchos, o médico foi encaminhado para o 2º Departamento de Polícia Civil de São Paulo, onde permanecerá preso até passar por audiência de custódia.

Pelo portal da transparência do Governo do Estado, Omar ocupa o cargo de perito oficial forense em Mato Grosso do Sul, e recebe salário de R$ 8,1 mil.

O médico é mineiro de Uberlândia, ortopedista especializado em quadris, que atuava em São Carlos (SP). Tomou posse em Mato Grosso do Sul no dia 6 de dezembro de 2012.

Conteúdo Campograndenews

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.